13 de fev de 2009

PARTE 7 - PREPARATIVOS DO MOCHILÃO PELA FRANÇA - PASSAGEM DE TREM

Parece-me que só o Brasil tornou-se cruel com os pobres milhares de dormentes que agora enfeitam entradas de casa, lareiras, viram bancos em praças, e porque muitas de nossas ferrovias foram abandonadas por questões de dinheiro político.

O transporte ferroviário é econômico, limpo e agradável, mas quem vai querer oferecer economia e agrado à grande parcela pobre da população, que além de tudo terá possibilidade de se locomover pelo país e enxergar ao vivo como os impostos que paga são utilizados? Naaaaaada. Deixa o povo se danar mesmo em busão, pagando um absurdo, suando com o pó compacto de terra no rosto, por causa das janelas escancaradas, nosso ar condicionado natural, porque estamos numa panela de pressão neste mundo. Viajar de busão sem o mínimo de conforto térmico é um sofrimento que estraga parte da jornada.

Se vc pesquisar na internet, o que tem bastante no Brasil é linha férrea, só que usada mais para carga. E pouca carga. Poderíamos estar rodando por aí com o trem, mas fala-se em impacto ambiental. Mentira! Teria impacto ambiental se colocassem estações no meio de reservas ambientais e tal. Já existem estações, só que abandonadas, por diversos pontos do país. Agora, com o desespero por causa do trânsito, clima e baixíssima pressão popular, há pequeno burbúrio referente ao retorno dos trens de passageiros. Em São Paulo mesmo teremos o trem entre aeroportos. Mas esperem pra ver o preço que vão colocar nas passagens. É lógico, os ônibus tem que ter a parte deles. Como é que alguns políticos vão receber seus "iogurtes" se acabarem com o leite das vacas falsificadas? Só a população, e principalmente a de baixa renda, a mais atingida, podem fazer a verdadeira pressão para que este novo transporte seja acessível a todos. E não é com violência: é com ESTUDO e INTELIGÊNCIA!

Eu sou apaixonada por trens e faço sempre campanha para que voltem a funcionar por todo o país para o grande público porque é mais sábio cada um ajudar com um pouco, do que poucos ajudarem com muito. É de tempos que sabemos que o egoísmo político de castelos, iates, Lalaus, só servem para alimentar seus cânceres no final. Então, vamos ser, repito, INTELIGENTES, e fazer o melhor para TODOS.

Existem diversos passes de trem que percorrem toda a malha ferroviária da Europa e dos EUA.

Eles variam em:

- quantidade de países, no caso europeu,
- quantidade de cidades, no caso EUA,
- número de cidades e rotas determinadas (cidades específicas) - EUA
- dias de viagem,
- número de pessoas viajando juntas (tem que comprovar)
- e idade.

Uma vez iniciado o processo de embarques, começa-se a contagem decrescente de dias de viagem:

Existem vários tipos de passes que lhe permitem viajar por um dia inteiro, 3 dias, uma semana, 15 dias, 20 dias, entrando e saindo de trens sem pagar mais por isso. Você pode comprar, por exemplo, um passe de 15 dias que tenha validade de 2 meses. isto quer dizer que você terá 15 dias não consecutivos para utilizar seu passe dentre estes 2 meses. E assim acontece com os outros tipos de passe, de acordo com a quantidade de dias de uso e validade do uso das passagens. Se você tiver sua viagem bem planejada, vale a pena adquirir um passe, ainda mais que hoje você ñ é obrigado a adquirir passagem apenas se os países forem fronteiriços. Ainda há este tipo de passe, mas as opções são muitas. O legal é você saber usar os passes durante o período de validade. Trechos longos são os recomendados porque são os mais custosos. Se você sair da rota onde é válido seu trem ou se for um trecho muito pequeno, é preferível comprar uma passagem, caso seu roteiro tenha diversos países muito distantes. É questão custo-benefício.

Analisei as Questões mais frequentes em páginas da Eurail e da Amtrak. As preocupações maiores são com quantidade de bagagem que se pode levar (2 volumes pelo que li), problema de lotação, onde recomendam que pelo menos um dia antes de sua viagem você reserve acento, não se esquecer de pedir para um atendente validar seu bilhete antes de entrar no trem, no caso da Europa, você não pode imprimir seu passe por risco de fraude. Quanto a adquirir alguns passes no continente (Europa), se você for cidadão europeu ou estiver morando há mais de seis meses por lá, você deverá adquirir um Interail pass.

Nem todos os Eurail Passes estão à venda na Europa. Apenas as principais estações de trem em toda Europa vendem Eurail Passes e por um preço 20% mais alto do que fora da daquele continente. Então, compre o Passe antes de sua viagem. Se você já estiver na Europa, eles enviam o Passe para qualquer endereço de lá. Tem que ler as dúvidas, meu povo. Ajuda muito.

Alguns passes que você pode adquirir pela Europa mesmo:

Eurail Global Pass
Eurail Select Pass
Eurail Áustria-Croácia-Eslovênia Pass
Eurail Áustria-Hungria Pass
Eurail Croácia-Eslovênia-Hungria Pass
Eurail Grécia - Itália Pass
Eurail Hungria - Romênia Pass
Eurail Croácia Pass
Eurail Grécia Pass
Eurail Holanda Pass
Eurail Hungria Pass
Eurail Ireland Pass
Eurail Itália Pass
Eurail Noruega Pass
Eurail Portugal Pass
Eurail Romênia Pass

Assim como ocorre nas companhias aéreas, os trens também realizam diversas promoções. Eu mesma perdi uma passagem promocional de 27 euros, por meia hora. E sete anos. Era uma passagem promocional para jovens com até 26 anos. Eu paguei uma inteira de 90 euros - Viena-Berlim. Foi um dia depois de ter sido retirada de um trem... Esta é uma história.

Também tem uns papos de vários países acabarem valendo com um só o que vale muito em termos de compra de passe. Tem um passe que vale para a Belgica, Holanda(Netherlands) e Luxemburgo - BENELUX. Croácia e Eslovênia também valem como um país e Servia, Montenegro e Bulgária também valem como um pais. Daí você é legal você estudar a aquisição de um Selec pass. E eu já tô pirando. Ai, é muita coisa!

Nunca viajei com passes múltiplos. Esta será a primeira vez. Estou aprendendo com vocês. Fiz uma rápida pesquisa e aqui estão alguns tipos de passe: Entrei na página de duas empresas e pesquisei preço. Já houve diferença de preço em dias. Vejamos:

Selecionei como país somente a França. Como passarei 30 dias só por lá, acredito que valha a pena. Se eu resolver dar uma voltinha em outro país, compro uma passagem extra. Estes valores são para maiores de 26 anos. Se vc é mais novo tem de 20 a 50% de desconto!!!! E se você tiver mais de 60 anos também terá descontos.

Rail Europe – endereços para compra de passes da Rail Europe no Brasil – 311 euros – 9 dias em 2 meses
Lufthansa- 339 euros – 9 dias em um mês – somada taxa de emissão

É nessas pesquisas que economizamos nossa grana. É o mesmo passe - France Rail Pass - vendido em locais diferentes. Agora é ver se a operadora daqui do Brasil, da Rail Europe, vai cobrar taxa de emissão. O que vocês acham????
Só olhem esta página da Rail europe. Dá vontade de pegar o trem djá: http://downloads.raileurope.com/journey/flash.html?pl=&tl=&section=

A CI- Central de Intercâmbio vende todo tipo de passagem para o jovem viajante. Eber, meu amigo, viajou seu mochilão premiado com eles. Estamos tentando nos ajudar, então, faça uma visita.

Optei por usar o passe de um mês com direito a 10 viagens, já que será o tempo que ficarei rodando. Em algumas cidades passearei somente o dia, já seguindo para a outra quando estiver anoitecendo. Há várias cidades próximas duas horas, aproximadamente, umas de outras. Então, posso sair ainda claro de uma cidade (já que é verão) e chegar ainda claro em outra para procurar albergue. Mas e o que faremos com a mochila? É claro que não ficarei zanzando pela cidade com ela nas costas. A cada cidade em que eu passar somente o dia, deixarei a mochila no armário(locker) da estação de trem. E continua!!

Visitem mais info sobre passes de trem - Eurail no portal MOCHILÃO SEM FRONTEIRAS

Pesquise por aí também!

Sorte para nós!



V for Verônica

Nenhum comentário:

Postar um comentário