13 de fev de 2009

PARTE 6 - PREPARATIVOS MOCHILÃO PARA A FRANÇA - ÓI O TREM!



Antes de falarmos das passagens de trem, falemos desse transporte.

O trem é.....maravilhoso. Poeticamente é uma janela para o mundo, é vida em movimento, é momento de reflexão. Fisicamente são vagões, bancos, cabines com acentos que viram leitos, cabines-leito, com armarinhos e bolsinhas com sabonetinho, escova e pasta de dentes, vagão-restaurante, portas de passagem entre vagões, que abrem com um toque (ou com um violento puxão), carrinhos com gostosuras a venda, velocidade de bala ou câmara lenta, guarda volumes de cabeça, janelas gigantescas, mesinhas para lanche, lixeirinhas, banheiros limpos, até com lavanda, panos umedecidos e sabonete líquido; banheiros podres, com urina por todo canto, sem papel, etc. E burocraticamente são funcionários verificando passagem, vendendo passagem dentro do vagão, polícia de fronteira verificando passaportes, vistos, etc.

O trem nem sempre é o transporte mais barato e, muito menos, o mais rápido. É, sim, uma experiência. Mas, espiritualmente, o que vale mais para você: o percurso ou o destino? É algo que temos que ponderar durante uma viagem econômica. Há coisas em que vale a pena se despender dinheiro. Quisera nosso país pusesse novamente toda nossa malha ferroviária em funcionamento. E ainda a aumentasse! Mas os poucos que governam este país as nossas custas, ainda querem lucrar com ao mercado automobilístico, empresas de transporte rodoviário e com a construção de estradas. Aí ainda vai pedágios, derrubada de matas....

Voltando, mas SEM NUNCA ESQUECER DE REIVINDICAR O RETORNO DOS TRENS, deve-se fazer de uma viagem de trem algo que renda belas fotos em movimento, boa leitura ou conversa com o vizinho do banco do lado e um bom estudo das pessoas que estão viajando. Ande pelo trem, vá ao banheiro, tome um café (muitas vezes ruim) no vagão-restaurante, escute as líguas do mundo e seus constumes, veja as roupas, identifique-se com outros mochileiros, viaje em seus pensamentos, viaje nesse movimento agradável que tem o trem.

Temos diversas companhias aéreas de baixo custo (low fare). Mas pensem que, apesar de diminuirem nosso tempo de chegada a lugares, não pagam a paisagem, o ambiente, os acontecimentos ao redor. Pensem bem! Muitas vezes, o avião é necessário por falta de grana, ou de tempo. Só que quando você vir que será uma economia porca, deixe o bichinho de lado, pé nas plataformas e TODOS PARA DENTRO! (All aboard!)


Piuíííííííííííí!


V for Verônica




Foto 1: Eber e eu na Estação de Nurenberg, ALE Foto 2: Janelle oferecendo vinho para conterrâneos australianos q visitavam nossa cabine no trem em Paris, FR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário