13 de fev de 2009

PALESTRA CASA DA CULTURA SALVADOR LIGABUE - FREGUESIA DO Ó-23/9

Aconteceu mais uma palestra sobre MOCHILÃO na cidade de São Paulo. Desta vez o bairro agraciado foi a Freguesia do Ó.

A palestra foi a mesma dada na casa da Cultura Cachoeirinha, sendo que variei nas histórias (lógico). O público fotografou, assistiu entusiasmado, soltaram até lágrimas. Não contei histórias tristes, é que o público era muito emotivo, talvez pelos laços familiares que nos prendiam. Não estou poetisando a irmandade mochileira não. O público era só de familiares. Foi divertidíssimo.

Foi como se eu tivesse feito uma palestra especial para obter a aprovação de todos eles. Minha tia fotografava, minha mãe com olhos marejados, meu pai todo orgulhoso, minha irmã que chegou atrasada com o Marco (trânsito), meu primo Juninho que já quer ser mochileiro com 10 anos de idades, Yasuda, meu outro primo (15 anos) que planeja comprar meu Maverick e deixá-lo como um carro de "mano" (vou convencê-lo a mochilar), minha prima Marcia, a D. Norma, a Neusa, uma conhecida nossa de muitos anos, D. Magnólia e Fernandinha, a Magda, uma desconhecida (!), Dorita, Oscar, Eber, Larissa com a filhinha, Caiane, Lilian (sempre conosco), titia Antonia que veio de brasília, especialmente....para o aniversário de meu pai, que foi no mesmo dia da palestra. Comemoração dupla!

Dei a palestra exatamente como fiz na Cachoeirinha. Foi, mais uma vez, perfeita. meu pai só dizia que eu tinha puxado a ele: desinibida, destemida, entretenedora. Ah...eu sou, vá. Eu gosto. É uma felicidade pra mim poder dividir algo que me faz bem. Quero todos felizes e aproveitando melhor a vida.

Foi uma felicidade muito grande ter feito esta apresentação especial aos meus amados familiares. Pude, desta forma, mostrar a eles que não estou para brincadeira; tenho um objetivo. Preciso do apoio e da confiança deles. Senti que tenho tudo isso. Foi maravilhoso.

A todos com quem conversei sobre a palestra, compreendo perfeitamente porque não foram: terça-feira, 19h00, não é o melhor dia, nem horáiro para se locomover em nossa cidade após um dia extenuante de trabalho. Sem problemas. Haverá outras oportunidades!

Divulgaremos com mais intensidade as próximas palestras. Quero, da próxima vez, toda a irmandade dos futuros mochileiros conosco.

Depois postarei fotografias no ORKUT.

Sorte para vocês.


V for Verônica

Nenhum comentário:

Postar um comentário