13 de fev de 2009

FAZER UM BLOG DE VIAGEM ANTES TARDE DO QUE NUNCA!!!

Pois é!

O que a preguiça do ser atrasa a vida desse próprio ser é fato comprovado nas perdas de prazos de pagamentos de contas, perda do trem, do avião, de comprar o último ingresso para o show do Iron Maiden, de pagar a inscrição para o concurso da Secretaria da Educação, de, enfim, não fazer acontecer o que está na sua cabeça tão imaginativa apoiada no corpo tão inativo.

A pouca vida que tive muito me ensinou sobre ação, principalmente a dos outros. Eu mesma, nada. Só vendo a vida passar, com medo de fazer acontecer aquela idéia e me ferrar. "Deixemos ela só na minha cabeça", penso eu. "Assim é desnecessário ouvir sugestões de melhorias da idéia, ou até desaprovações pela mente romântica que tenho e me recuso a admitir." Não que minhas idéias sejam a salvação para os infinitos buracos de na cama da de ozônio, ou tratados de paz para infinitas guerras. São apenas sugestões de alguém que decidiu expor o que pensa, com a melhor das intenções, ainda com receios de desaprovação, mas que evitará de todas as formas depreciar o que quer que seja. Isso é pequeno e nada saudável. Aliás, uma das coisas que desaprovo na internet é a rudeza com que as pessoas se tratam. É a coragem da internet. Pessoas que supostamente nunca se encontrarão criam batalhas de egos numa competição de quem xinga mais e melhor o outro. Para que terei respeito por alguém que pensa diferente de mim? Alguém que nem sabe quem sou? Sou uma viciada em youtube e gostei muito do que um cara, o COLDSTATIC, escreveu sobre discutir. Transcrevo aqui:"Eu nunca discuto com as pessoas porque fica claro que elas estão suscetíveis a ter razão. Elas acreditam no que fazem porque tem a necessidade de acreditar nisso."

Bem, de viagem que é o assunto aqui, ainda não escrevi. Sou mochileira de longa data, pelo Brasil e por aí. Sempre gostei de viajar (quem não gosta?) e para isso, dinheiro tem que ter. Que falte comida na mesa, mas que dê para meu vôo!!! A coisa não é bem assim.

Mochilar (viagem econômica) é bem mais em conta, em alguns casos, do que você fazer um pacote com uma agência de turismo. Isso quer dizer que você gastará bem menos, ainda que gaste. Diria que esse bem menos pode chegar a 50, 60% menos e como citei logo no começo você tem que se mexer. E é por isso que a viagem sai mais barata! Você será sua própia agência de turismo! Olha que beleza! E seu bônus é ter mais dinheiro para ficar onde você quiser. Outra coisa: prefiro viajar sozinha. Para quem se incomoda com isso porque vai ficar sem gente para conversar, para se apoiar, tirar foto ou até comprovar que você esteve realmente "lá", a ausência de uma parceria faz com que você volte sua atenção a você mesmo, algo que muitas pessoas esquecem.

Ah, e você nunca estará sozinho. Nem que você queira.

Sorte para vocês.

V for Verônica
Foto: Eu e a Golden Gate, em São Francisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário